Objetivo: descrever a finalidade da auditoria de enfermagem e sua importância para melhoria da qualidade da assistência à saúde, ou seja, uma ferramenta de apoio à melhoria contínua em um Hospital de Médio porte de Belo Horizonte.

Essa ferramenta possui foco diretamente nos mecanismos de controle dos processos e possui uma frequência mais intensa que as auditorias convencionais.

Método: Trata-se de um estudo de caso exploratório, descritivo, qualitativo e que também consiste em uma revisão bibliográfica sobre auditoria de enfermagem no espaço hospitalar. O estudo de caso foi realizado durante nove meses nas unidades de internação em parceria do setor SCIH e Coordenação de Enfermagem. Através de análise dos procedimentos internos realizados em Janeiro de 2016 foi elaborado e implementado um check list focado para os principais pontos dos processos assistenciais, priorizando aqueles que afetam diretamente a qualidade da assistência prestada e a segurança do paciente.

Considerações finais: A auditoria de processos resultou em uma metodologia que auxiliou a identificação das não conformidades, assim como se tornou um orientador para os planos de correção. Houve a diminuição de não conformidades em determinados setores e a identificação das áreas críticas que mais impactavam na qualidade do processo.

 

Autoras: ADRIANA MICHELLE ROCHA e PRISCILA MIRELLA MIRANDA