O absenteísmo-doença é a falta do trabalhador justificada por atestado ou licença saúde. O estudo visou a identificação do perfil dos funcionários acometidos pelo absenteísmo-doença e os problemas de saúde mais frequentes apresentados por eles.

Trata-se de um estudo de revisão bibliográfica, mediante pesquisa eletrônica. Para a obtenção dos dados apresentados aqui, foram utilizadas as bases de dados da Literatura Latino-Americana e do Caribe em Ciências da Saúde (LILACS) e Scientific Electronic Library On Line (SIELO). Foram escolhidos cinco artigos de periódicos nacionais publicados entre 2002 e 2009.

Os resultados indicaram que o absenteísmo-doença ocorreu, principalmente, entre técnicos e auxiliares de enfermagem do sexo feminino e que suas maiores causas foram as doenças do aparelho respiratório, seguida por doenças dos aparelhos osteomusculares e genitourinário, e doenças infecciosas e parasitárias. Portanto, o grande número de absenteísmo-doença se deve às más condições de trabalho, as quais esta categoria está sujeita.

 

Autoras: ALINE LEANDRA PAULA CUNHA e MARLLA LOURENNA RODRIGUES DE MELO