O tema segurança do paciente está ganhando cada vez mais visibilidade, tendo recebido crescente atenção no campo das organizações de saúde. O profissional da área da saúde não possui o intuito de causar qualquer mal ao paciente tendo em conta que seu objetivo principal é salvar vidas.

Apesar da melhoria contínua do desenvolvimento de novas técnicas, procedimentos e processos de trabalho, ainda há ocorrência de danos ao paciente comprometendo a sua saúde. Perante isso se iniciou a criação de muitos programas visando incentivar estudos, pesquisas, ações com a finalidade de precaver, sensibilizar, minimizar os eventos adversos reduzindo os riscos ao paciente e contribuindo para a melhoria do cuidado ao mesmo.

O presente estudo bibliográfico teve como principal objetivo buscar, na produção científica nacional, a forma que o profissional de enfermagem tem abordado o tema segurança do paciente. Inicialmente foi realizado um estudo para identificação dos descritores e palavras-chaves, bem como a viabilidade do estudo.

Os resultados apontam para os principais aspectos relacionados que foram categorizados em seis eixos: segurança do paciente, evento adverso, cultura de segurança, medidas preventivas e controle de infecção, senso de responsabilidade e percepção do profissional da enfermagem e qualificação profissional.

 

Autoras: ALEXANDRA ROSA CARDOSO e FERNANDA VANDERSEN