Objetivos: Relatar a experiência de implantação do antisséptico alcoólico para o preparo das mãos da equipe cirúrgica.

Método: Relato de experiência de implantação de solução alcoólica para antissepsia cirúrgica das mãos em substituição a escovação, durante os meses de dezembro de 2014 a julho de 2015.

Resultados: A escolha do produto baseou-se na análise de documentação e testes de utilização. O antisséptico alcoólico foi oferecido como alternativa à utilização das escovas impregnadas com antisséptico. Foram disponibilizados artigos científicos e cartazes para os profissionais. Observou-se 282 procedimentos. A taxa de adesão à solução alcoólica variou de 33% no mês da implantação a 54% e a adesão à técnica correta foi observada em apenas 35,8% das oportunidades.

Conclusão: Houve considerável adesão à solução alcoólica e observou-se impacto econômico e demanda de capacitações para a técnica correta. Há necessidade de identificar fatores mobilizadores e barreiras para a implantação dessa tecnologia.

 

Aluna: Francyne Sequeira Lopes