No século XXI, o aumento de infecções por germes multirresistentes tornou-se um grande problema para a segurança dos pacientes. Esse aumento é decorrente do uso inadequado, excessivo e, muitas vezes, desnecessário de antibióticos, e tornou-se um problema de saúde pública.

O desenvolvimento de micro-organismos multirresistentes conduz a um aumento da morbidade, da mortalidade, além de um aumento dos custos hospitalares. É preciso implementar medidas que permitam melhor controle na prescrição e no uso adequado de antimicrobianos, como os programas de antimicrobianos Stewardship. O objetivo deste estudo é identificar os principais motivos pelos quais urge implementar programas de stewardship para antibióticos dentro dos hospitais brasileiros.

Neste estudo, usou-se revisão integrativa da literatura.  Após a revisão de artigos, foram extraídos os aspectos relevantes ao estudo e apresentados de forma descritiva. Os artigos revisados sustentam a importância de tomar atitudes imediatas frente ao aumento da resistência antimicrobiana e à pouca perspectiva de surgimento de novo arsenal de antimicrobianos num futuro próximo. O Brasil precisa seguir o exemplo de países desenvolvidos: formar e treinar profissionais especializados no uso racional e adequado de antibióticos.

 

Autora: Astrid Xiomara Tatiana Otero Melendez

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.