A higiene hospitalar no combate à transmissão cruzada de infecções.

Revisão de literatura sobre a importância do ambiente na transmissão de infecções e do papel da limpeza e desinfecção ambiental.

As infecções relacionadas à assistência à saúde (IRAS) representam um grave problema e sua prevenção e controle constituem um grande desafio. A adequada higiene dos ambientes hospitalares é de reconhecida importância no combate à disseminação dessas infecções e engloba um conjunto de ações fundamentais para seu sucesso, como a escolha correta dos produtos saneantes, técnicas de validação confiáveis, equipe adequadamente treinada e seriedade na execução do processo de higienização. Este estudo tem por objetivo demonstrar a importância da limpeza adequada do ambiente hospitalar como um dos componentes fundamentais no combate às infecções associadas a assistência.

O desenvolvimento do presente estudo possibilitou uma análise da importância do ambiente assistencial como veículo de transmissão de infecções, permitindo, dessa forma, identificar a importância da adequada higiene desses locais como medida de promover maior segurança ao doente, reduzindo a incidência de IRAS. Por meio dele, pôde-se inferir quais locais apresentam maior contaminação, quais as principais falhas na rotina de limpeza e quais as medidas necessárias para correção destas, como constante melhoria nos processos de higiene, adotando-se políticas bem definidas, com maior investimento em produtos, treinamento de pessoal, melhores práticas, monitoramento e validação desses processos.

 

Autora: SAMANTHA CARMO NEIDENBACH

 


Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.