A Síndrome de Burnout é uma doença que ataca profissionais de diversas áreas, e, entre eles, está a classe dos profissionais de saúde.

De acordo com as definições de Burnout encontradas nos artigos houve convergências em alguns aspectos, como o fato de ser provocada pelo ambiente de trabalho e não por uma causa individual, mas com consequências negativas tanto em nível individual, como profissional, familiar e social.

É definido como um fenômeno que esgota o indivíduo, a ponto de não mais conseguir realizar suas funções físicas e mentais adequadamente. Esse estudo, a partir das leituras e análises realizadas trouxe informações que muito podem contribuir com o conhecimento da Síndrome de Burnout e sua influência na vida e no desempenho dos profissionais de saúde, identificando ainda aspectos favoráveis e desfavoráveis que o local de trabalho apresenta.

Considera-se que é preciso existir o entendimento de que a Síndrome de Burnout não se trata de um capricho, de algo inventado. Trata-se de uma patologia que deve ser tratada para que o profissional possa exercer suas atividades com eficiência.

 

Autora: Angela Nunes Marcos Redivo