Conversamos com nosso professor o advogado Josenir Teixeira sobre as implicações legais do processamento de produtos para a saúde realizados pelo CME. Entre outros temas vemos as implicações legais do reuso de artigos ditos de uso único. Contamos também com a participação da professora Kazuko Graziano Principais tópicos

3:00 eventos adversos em saúde: conceito e implicações para profissionais de saúde e instituições

9:00 impactos da pandemia e situações de emergências de saúde pública sobre eventos adversos

16:30 infecção hospitalar (IRAS) pode ser considerada evento adverso?

23:00 eventos adversos ligados a processamento de produtos para a saúde

41:00 gravar e filmar profissionais de saúde e pacientes: riscos; controle x liberdade

50:30 utilizar celular durante trabalho para consulta de informações

55:00 discutir casos em redes sociais (ex. WhatsApp): riscos de exposição dos pacientes

1:09:00 documentação de empresas terceirizadas, incluindo CME

1:11:00 terceirização de produtos para saúde

1:13:00 desinfecção do cabo do laringoscópio

1:16:00 secagem de tubulações valvuladas (circuitos)

1:18:00 cirurgias eletivas durante a pandemia

1:24:00 reuso de produtos ditos descartáveis: confusão terminológica e legal

1:40:00 reembolso insuficiente estimulando o reuso

1:45:00 paciente deve ser notificado que está sendo reutilizado um descartável?

1:54:00 riscos legais do exercício profissional durante situações de calamidade (pandemia)

1:59:00 importância documental do prontuário do paciente e como CME deve comprovar sua atuação



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.