Inscreva-se já.

O CDC lançou três estudos no Relatório Semanal de Morbidez e Mortalidade (MMWR) que destacam a importância do uso de estratégias de prevenção em camadas, incluindo o mascaramento (uso de máscaras) universal para interromper a propagação e minimizar interrupções nas operações escolares para educação presencial segura. Esses estudos descobriram que os distritos escolares americanos sem uma política universal de mascaramento eram mais propensos a ter surtos de COVID-19. Em todo o EUA, os condados sem requisitos de mascaramento viram o número de casos pediátricos de COVID-19 aumentar quase duas vezes mais rapidamente durante o mesmo período.

Um relatório do Arizona revelou que escolas em dois dos condados mais populosos do estado tinham 3,5 vezes mais probabilidade de ter surtos de COVID-19 se não tivessem a exigência de máscara no início das aulas em comparação com escolas que exigiam máscara universal no primeiro dia. O mascaramento universal é um componente importante na estratégia de prevenção em camadas recomendada para escolas, e este estudo continua a demonstrar que as máscaras quando usadas como parte de uma estratégia mais ampla podem reduzir a disseminação de COVID-19 e prevenir surtos em escolas.

Outro relatório descobriu que durante as duas semanas após o início das aulas, a mudança média nas taxas de casos COVID-19 pediátricos foi menor entre os condados com requisitos de máscara escolar (16,32 por 100.000 / dia) em comparação com condados sem requisitos de máscara escolar (34,85 casos por 100.000 / dia). Isso destaca o impacto que as políticas universais de mascaramento podem ter nas comunidades que circundam esses distritos escolares, pois o impacto das políticas pode reduzir a carga sobre os sistemas de saúde que apoiam esses distritos escolares.

Um terceiro relatório estudou o fechamento de escolas relacionadas ao COVID-19 e descobriu que, apesar de cerca de 1.801 fechamentos de escolas até agora neste ano letivo, 96% das escolas públicas conseguiram permanecer abertas para o aprendizado totalmente presencial. O foco contínuo em fornecer aos alunos um ambiente seguro para o aprendizado presencial é uma das principais prioridades para o CDC e pode ser melhor alcançado seguindo uma estratégia de prevenção em camadas.

Estes estudos continuam a demonstrar a importância e eficácia da Orientação do CDC para a Prevenção do COVID-19 em Escolas, para ajudar os distritos a garantir um aprendizado mais seguro e impedir a disseminação do COVID-19. A promoção da vacinação de pessoas elegíveis, uso de máscara e testes de triagem são métodos comprovados para continuar a trabalhar em direção ao fim da pandemia de COVID-19.

https://www.cdc.gov/media/releases/2021/p0924-school-masking.html

Sinopse por Laura Czekster Anthochevis

Contatos: [email protected] ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104

 

 



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH, CME e EQS