Inscreva-se já.

Leia artigos científicos de credibilidade que debatem evidências sobre período de isolamento de casos de Covid/gripe, novas vacinas, imunização de crianças e medicamentos aprovados para o tratamento de Covid. Também temos artigos sobre isolamento de novos casos de Candida auris em capitais brasileiras e reflexos da pandemia na saúde mental dos profissionais de saúde, inclusive levando a casos de suicídio.
A partir a 24/01 voltamos à programação ao vivo da TV CCIH, aproveite para assistir aos mais de 300 programas de nosso acervo. Nossa promoção boas festas continuam até o dia 25/01. Aproveite para ter descontos especiais matriculando-se em nossos MBAs ou cursos de capacitação express.
Boa leitura.

Campanha Boas Festas – PRORROGADA

Nossa super campanha de festas de fim de ano foi prorrogada até 21/01/2022!
Não perca essa oportunidade de se qualificar com excelentes professores e conteúdo atualizado, por um valor que cabe no seu bolso!
São 20% de desconto em todas as mensalidades dos cursos MBAs e Cursos de Capacitação Express, caso você se inscreva durante a campanha.
https://www.ccih.med.br/campanha-boas-festas-prorrogada/

MS divulga atualização do Guia de Vigilância Epidemiológica Covid-19

No último dia 12 o Ministério da Saúde liberou a atualização do documento “Guia de Vigilância Epidemiológica Covid-19: Emergência de Saúde Pública de Importância Nacional pela Doença pelo Coronavírus 2019”.
https://www.ccih.med.br/ms-divulga-atualizacao-do-guia-de-vigilancia-epidemiologica-covid-19/

Ministério da Saúde reduz para 7 dias o isolamento de casos por Covid-19

O tempo de isolamento de casos leves e moderados de Covid-19 mudou.
https://www.ccih.med.br/ministerio-da-saude-reduz-para-7-dias-o-isolamento-de-casos-por-covid-19/

Sociedade Brasileira de Infectologia envia carta ao CONASS

A Sociedade Brasileira de Infectologia enviou uma carta ao vice-presidente para Região Sudeste do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (CONASS), recomendando alterações no período de isolamento de pacientes com Covid-19.
https://www.ccih.med.br/sociedade-brasileira-de-infectologia-envia-carta-ao-conass/

Confirmação de caso de Candida auris em Hospital de Pernambuco

O Alerta de Risco GVIMS/GGTES/Anvisa no 01/2022 traz informações sobre a confirmação de mais um caso C. auris no Brasil, isolado em amostra de urina de paciente internado em hospital de Pernambuco.
https://www.ccih.med.br/confirmacao-de-caso-de-candida-auris-em-hospital-de-pernambuco/

Candida auris: Anvisa recebe confirmação de caso que estava em análise

A Anvisa informa que, na quinta-feira (13/1), recebeu a confirmação de Candida auris referente ao segundo paciente que está internado em um hospital de Pernambuco (PE).
https://www.ccih.med.br/candida-auris-anvisa-recebe-confirmacao-de-caso-que-estava-em-analise/

Conass e Conasems enviam contribuições para aprimorar o processo de vacinação infantil contra a Covid-19 no Brasil

Anvisa recebeu contribuições enviadas pelo Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e pelo Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems), para aprimorar as recomendações feitas pela Agência para a vacinação de crianças de 5 a 11 anos contra a Covid-19.
https://www.ccih.med.br/conass-e-conasems-enviam-contribuicoes-para-aprimorar-o-processo-de-vacinacao-infantil-contra-a-covid-19-no-brasil/

Anvisa recomenda a suspensão definitiva da temporada de navios de cruzeiro no Brasil

A Anvisa recomendou ao Ministério da Saúde e à Casa Civil da Presidência da República, na última quarta-feira (12/1), a suspensão definitiva da temporada de navios de cruzeiro no Brasil, como ação necessária à proteção da saúde da população.
https://www.ccih.med.br/anvisa-recomenda-a-suspensao-definitiva-da-temporada-de-navios-de-cruzeiro-no-brasil/

Estudo alerta para altos níveis de depressão e pensamentos suicidas em trabalhadores de saúde na América Latina durante a pandemia

Trabalhadores de saúde de onze países latino-americanos apresentam altas taxas de sintomas depressivos, pensamentos suicidas e sofrimento psíquico, conforme os resultados de um estudo liderado pelas universidades do Chile e da Colômbia, com a colaboração da Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS).
https://www.ccih.med.br/estudo-alerta-para-altos-niveis-de-depressao-e-pensamentos-suicidas-em-trabalhadores-de-saude-na-america-latina-durante-a-pandemia/

Estudo do CDC mostra que a vacinação contra a gripe previne doença grave em crianças dos EUA

Um novo estudo do CDC publicado na revista Clinical Infectious Diseases (CID) mostra que a vacinação contra a gripe protegeu as crianças contra formas graves da gripe, mesmo quando foram infectadas com um vírus da gripe que era antigenicamente diferente do vírus da vacina.
https://www.ccih.med.br/estudo-do-cdc-mostra-que-a-vacinacao-contra-a-gripe-previne-doenca-grave-em-criancas-dos-eua/

OMS recomenda dois novos medicamentos para tratar COVID-19

A OMS recomendou dois novos medicamentos para o COVID-19, oferecendo ainda mais opções para o tratamento da doença. A extensão em que esses medicamentos salvarão vidas depende de quão amplamente disponíveis e acessíveis eles serão.
https://www.ccih.med.br/oms-recomenda-dois-novos-medicamentos-para-tratar-covid-19/

ARTIGO: Investigação epidemiológica ativa sobre infecção por SARS-CoV-2 causada pela variante Omicron (linhagem Pango B.1.1.529) no Japão: relatório preliminar sobre período infeccioso

“Aqui, examinamos a duração da disseminação de vírus infecciosos em casos de Omicron identificados no início desta investigação. Um total de 83 amostras respiratórias de 21 casos (19 vacinados e 2 casos não vacinados; 4 assintomáticos e 17 casos leves) foram submetidos à quantificação de RNA SARS-CoV-2 usando testes quantitativos de reação em cadeia da polimerase transcriptase reversa e isolamento de vírus. A data de coleta da amostra para diagnóstico ou início dos sintomas foi definida como dia 0. A quantidade de RNA viral foi mais alta em 3-6 dias após o diagnóstico ou 3-6 dias após o início dos sintomas e diminuiu gradualmente ao longo do tempo, com uma diminuição acentuada após 10 dias desde o diagnóstico ou início dos sintomas (Figura). Os resultados positivos de isolamento de vírus mostraram uma tendência semelhante à quantidade de RNA viral, e nenhum vírus infeccioso nas amostras respiratórias foi detectado após 10 dias desde o diagnóstico ou início dos sintomas (Tabela). Esses achados sugerem que é improvável que os casos de Omicron vacinados liberem vírus infecciosos 10 dias após o diagnóstico ou o início dos sintomas.”

https://www.niid.go.jp/niid/en/2019-ncov-e/10884-covid19-66-en.html

Elaborado por Laura Czekster Antochevis
Contatos: [email protected] ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104
Colaboradores:
Antonio Tadeu Fernandes
Luan Alves



Ficou interessado? Conheça nossos cursos MBA's e Express