Inscreva-se já.

As infecções de sítio cirúrgico (SSI) estão entre as infecções relacionadas a saúde (HAI) mais repetidamente relatadas. O papel dos sistemas de ventilação de sala operatória no desenvolvimento dessas infecções é conflitante, especialmente tratando-se de cirurgias de implante ortopédico. Os autores buscaram compreender a relação entre a ventilação utilizadas e as infecções.

Qual a justificativa do estudo?

As infecções de sítio cirúrgico (SSI) estão entre as infecções relacionadas a saúde (HAI) mais repetidamente relatadas. O papel dos sistemas de ventilação de sala operatória no desenvolvimento dessas infecções é conflitante, especialmente tratando-se de cirurgias de implante ortopédico. Diversos estudos relatam que o uso de sistemas de fluxo laminar de ar reduz a poluição do ar; contudo, não há evidencias que esta redução esteja relacionada uma diminuição de infecção de feridas.

Qual o objetivo do estudo?

O objetivo desta meta-análise foi avaliar a eficácia de sistemas de ventilação na sala de cirurgia na interrupção de SSI. Os autores buscaram compreender a relação entre a ventilação utilizadas e as SSI.

Qual metodologia foi empregada?

Foi realizada uma pesquisa sistemática de literatura incluindo publicações até maio de 2020. Foram incluídos estudos de coorte observacionais que relataram medidas estatísticas de relação entre o tipo de ventilação utilizado na dala operatória e SSI.

Ao final da busca 14 estudos, totalizando 590.121 operações (328.183 com ventilação com fluxo de ar laminado e 261.938 com ventilação convencional), satisfizeram os critérios de inclusão. Destes estudos, 10 foram relacionados a SSI em artroplastia total de quadril, 7 a artroplastia total de joelho, e 3 a diferentes cirurgias abdominais e vasculares abertas. Foi calculada a razão de probabilidade (odds ratio – OR) comparando a prevalência de SSI e a tipologia de ventilação da sala de cirurgia por meio do método dicotômico com um modelo de efeitos aleatórios ou de efeitos fixo.

Quais os principais resultados?

Nenhuma diferença significativa foi encontrada entre a operação realizada sob ventilação de fluxo laminar e a ventilação convencional na artroplastia total de quadril, em artroplastias total de joelho, e em diferentes cirurgias abdominais e vasculares abertas. Os dados apontam que o impacto do tipo de ventilação empregada pode não ter influência na incidência de SSI e, portanto, na redução de sua ocorrência.

Quais as conclusões e recomendações finais?

As razoes para a diferença não-significativa entre os dois tipos de ventilação estudados na incidência de SSI são multifatoriais, de modo que mais pesquisas – e particularmente ensaios clínicos bem planejados – são necessárias para realizar uma avaliação eficaz da influência ou não desses sistemas no desenvolvimento de infecções. Os resultados encontrados nessa meta-análise levam os autores a não recomendar a implementação de sistemas de fluxo de ar laminar como medida de prevenção a SSI, principalmente pelo elevado custo destes em relação ao convencional.

Quais as limitações do estudo?

Os pesquisadores ressaltam algumas limitações da análise. Primeiramente, o tempo de avaliação da possível associação variou entre os estudos. Além disso, os autores não puderam analisar outras medidas do efeito de diferentes categorias de ventilação. Por fim, outra lacuna que não pode ser respondida é se o tipo de ventilação utilizado não está associado a todas SSi ou apenas a um tipo determinado.

Que críticas e observações?

Esta meta-análise representa um bom ponto de partida para estudos futuros sobre a possível relação entre a incidência de SSI e os sistemas de ventilação utilizados em sala operatória. Sabe-se que o desenvolvimento de SSI é uma situação multifatorial muito complexa; a elucidação de que até o momento não há uma correlação positiva com o sistema de ventilação utilizado permite que futuras pesquisas praticas sejam realizadas.

Fonte: Bao J, Li J. The effect of type of ventilation used in the operating room and surgical site infection: A meta-analysis. Infect Control Hosp Epidemiol. 2021 Aug;42(8):931-936

Sinopse por: Maria Julia Ricci

E-mail: [email protected]

Linkedin: www.linkedin.com/in/mariajuliaricci

Instagram: @mariajuliaricci_

 



Ficou interessado? Conheça nossos cursos MBA's e Express