Inscreva-se já.

15/02 é o Dia Internacional contra o Câncer Infantil

No Dia Internacional contra o Câncer Infantil, a Organização Pan-Americana da Saúde (OPAS) pede melhores taxas de sobrevivência de crianças e adolescentes com câncer, atualmente em 55% em América Latina e Caribe.

O câncer é a segunda principal causa de morte entre pessoas com 19 anos ou menos na região, de acordo com o Observatório Global do Câncer (Globocan) da Organização Mundial da Saúde (OMS), e cerca de 29 mil crianças são diagnosticadas com câncer a cada ano. Os tipos de câncer mais comuns são leucemia, linfoma, tumores do sistema nervoso central, tumor de Wilms e retinoblastoma.

“A grande maioria das crianças com câncer vive em países de baixa e média renda, onde enfrentam desigualdades inaceitáveis na detecção precoce, diagnóstico e acesso a tratamento de qualidade e cuidados paliativos“, disse Anselm Hennis, diretor de Doenças Não Transmissíveis e Saúde Mental da OPAS.

Essas desigualdades geram lacunas nas taxas de sobrevivência que variam de 80% a 20%, dependendo do país. Para melhorar as taxas de sobrevivência, a OPAS está promovendo o “CureAll in the Americas”, uma iniciativa global da OMS que busca dobrar a taxa global de sobrevivência ao câncer infantil para 60% até 2030.

https://www.paho.org/pt/noticias/15-2-2022-opas-55-das-criancas-e-adolescentes-com-cancer-se-recuperam-na-america-latina-e

Editado por Laura Czekster Antochevis

Contatos: [email protected]  ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Conheça nossos cursos MBA's e Express