Inscreva-se já.

A Organização Pan-Americana da Saúde/Organização Mundial da Saúde (OPAS/OMS) apresentou nesta sexta-feira (17) um panorama do 3º Desafio Global para Segurança do Paciente. A iniciativa Global Patient Safety Challenge on Medication Safety busca reduzir pela metade, nos próximos cinco anos, os danos graves e evitáveis associados a erros de medicação.

A apresentação foi feita durante o I Congresso Pan-Americano e o VI Congresso Brasileiro sobre o Uso Racional de Medicamentos, que acontece até sábado (18), em Foz do Iguaçu, Paraná, Brasil. Segundo Felipe Carvalho, consultor de desenvolvimento e inovação tecnológica em saúde da Representação da OPAS/OMS no Brasil, os erros de medicação, além de causarem danos ao paciente, prejudicam os orçamentos de saúde.

“Os custos relacionados a erros de medicação representam 42 bilhões de dólares [cerca de R$ 136 bilhões] por ano. E isso é o que conhecemos, a ponta o iceberg. Imagina o que não conhecemos, o que está subnotificado. Essa estimativa da OMS foi feita com base em informações de países que têm esses dados. E esses países são também os que monitoram melhor a segurança do paciente. Então, sabemos que o problema no mundo é ainda maior”, afirmou.

https://www.paho.org/pt/noticias/18-8-2021-opasoms-apresenta-iniciativa-para-reduzir-erros-medicacao

Elaborado por Laura Czekster Anthochevis

Contatos: [email protected]om ou http://linkedin.com/in/laura-czekster-antochevis-457603104



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH, CME e EQS