Promoção Mês Verde - Inscrição por apenas R$ 50,00 e mensalidades por apenas R$ 200,00

Esterilizar produtos para saúde que não resistem a autoclavação sempre gera polêmicas. Polêmicas surgem de questionamento de dogmas, que exigem um planejamento científico para suas respostas, quebrando muitos paradigmas. A riqueza deste debate, além da fazer evoluir cientificamente as práticas de esterilização gera respostas e raciocínio crítico, essenciais para a grande evolução que observamos nos últimos 50 anos no processamento de produtos para a saúde(PPS). Este encontro coma Professora Kazuko resolve dúvidas, mas também mostra caminhos para tornarmos cada vez mais segura a esterilização dos PPS. Principais tópicos:

05:00 importância das polêmicas na evolução da esterilização de PPS

11:00 polêmicas – como surgem e como resolvê-las

16:00 importância de guias e manuais

22:00 recomendações dos guias: consenso é certeza? nas divergências como escolher a melhor opção?

37:00 podemos esterilizar capotes (EPI) descartáveis?

41:00 devemos fazer novo teste biológico em autoclaves que interrompem ciclos?

46:00 como processar utensílios do lactário e mamadeiras

50:00 como processar ambús

53:00 cuidados para fazer marcações em embalagens (canetas e tintas)

55:00 processamento de circuito ventilatório

59:00 continuação do debate sobre processamento de aventais descartáveis

1:02:00 terceirização do processamento por óxido de etileno

1:04:00 temperatura da termodesinfetora

1:08:00 processamento da palheta metálica do circuito respiratório

1:10:00 uso do hipoclorito em lactário

1:13:00 processamento do laringoscópio

1:20:00 uso do peróxido em lactário

1:24:00 processamento de PPS que fabricante não orienta

1:28:00 SMS suporta lavagem pesada na lavanderia?

1:30:00 campo descartável é seguro e vantajoso?

1:33:00 ambú de silicone é autoclavável?

1:35:00 limpeza de assistência ventilatória

1:38:00 compressa cirúrgica, lava antes de autoclavar?

1:40:00 autoclave portátil precisa de água de osmose?

1:43:00 Atomic 70 (esse tema volta com muita polêmica)

1:45:00 a empresa que faz manutenção ou prevenção pode qualificar autoclaves?

1:49:00 desinfecção de otoscópios

1:53:00 processamento de borrachas de aspiração

1:57:00 como qualificar a termo desinfecção?

1:59:00 como processar PPS sem especificação, trazidos por médicos?

2:01:00 é possível autoclavar drill com proteção?

2:03:00 prazo de validade e embalagem par PPS submetido à termo desinfecção

2:10:00 posso usar detergentes caseiros em PPS?

2:11:00 material e circuito ventilatórios podem ser processados com ácido peracético a 0,2%?

2:13:00 Atomic 70 teve alteração na fórmula? fez novos testes para comprovar sua eficácia? mudou sua diluição para uso?

2:19:00 acessórios respiratórios podem ser processados com quaternários de amônia?

2:25:00 sacos plásticos podem ser utilizados para embalar acessórios ventilatórios?

2:30:00 produtos que mudam sua fórmula precisam de novos registros e novos testes comprovatórios de sua eficácia, pela ANVISA? (Atomic)

2:34:00 como fazer a desinfecção da válula exalatória de ventilação mecânica?

2:45:00 processamento de nasofibroscópios com peróxidos



Ficou interessado? Veja nossos cursos MBA em CCIH e CME.