Inscreva-se já.

Nas últimas semanas acompanhamos relatos de aumento de casos de infecções pelo fungo Candida auris no Brasil, com mais de 30 casos em Recife/PE. Este fungo representa uma importante ameaça à saúde pública, visto que pode ser resistente à vários antifúngicos e de difícil erradicação no ambiente. O infectologista e professor do curso, Filipe Prohaska nos atualizará no assunto. Moderação com Laura Czekster. #candidaauris #iras #ih #surto #mbaccih #saúde #hospital #ccih

Principais tópicos:
09:00 Como foram identificados os casos de C. auris em Recife? Quais as principais topografias encontradas no caso?
19:00 Como podemos identificar a Candida auris no laboratório de microbiologia?
22:00 Quais são os mecanismos de resistência dos fungos? Esses mecanismos podem ser transmitidos para outros microrganismos?
28:00 Caso seja identificada Candida haemulloni o correto neste momento seria isolar como C. auris?
31:00 Qual a prevalência de C. auris na comunidade?
33:00 O caso índice de C. auris em Recife foi devidamente identificado?
35:00 Motivos de ser tão raro vermos fungigrama na prática médica
41:00 Como deve ser feita a higienização do ambiente em caso de Candida haemulonii e C. auris?
43:00 A C. auris tem uma sazonalidade e costuma aparecer em meses mais quentes?
45:00 Qual foi o impacto da COVID 19 nos surtos de candidas e contribuição para a resistência fúngica
49:00 Coleta de material biológico e swab de vigilância
50:00 A C. auris também teria uma resistência/tolerância ao álcool e pode colonizar pacientes e profissionais de saúde?
52:00 Em pacientes oncológicos, trato candidúria?
56:00 Como tratar caso de hemocultura com C. parapsilosis?
01:00:00 Remoção de cateter
01:01:00 Anfotericina B
01:07:00 Quais as principais medidas de prevenção indicadas?



Ficou interessado? Conheça nossos cursos MBA's e Express