Inscreva-se já.

Infecção hospitalar (IH) é definida como aquela adquirida após a entrada do usuário em um hospital e que se manifesta durante a sua internação ou mesmo após a alta, quando estiver relacionada aos procedimentos hospitalares e demais correlação, conforme Portaria MS nº 2616/98. A vigilância epidemiológica juntamente com o Programa de Controle de Infecção Hospitalar (PCIH), criado pelo Governo Federal pela Portaria nº 930/92, servirão de subsídios para as ações de redução de incidência de agravos das infecções hospitalares.

O Diagrama de Controle de Doenças é um método para identificação de epidemias utilizada nos serviços de vigilância em saúde pública no Brasil, principalmente para doenças infecciosas, sendo este o instrumento mais sensível para detecção de surtos de IH. É um estudo epidemiológico, quantitativo, descritivo, retrospectivo. Os dados foram coletados do banco de dados, disponível na Coordenação de Controle de Infecção Hospitalar de um hospital público no estado de Sergipe, no ano de 2010.

A proposta deste estudo foi de elaborar um diagrama de controle de infecção hospitalar, num Hospital Público do Estado de Sergipe, no ano de 2010 e identificar a incidência de surto de infecção nosocomial. Durante o processo de análise dos dados, apesar do diagrama de controle ter se mostrado um instrumento de muita utilidade/praticidade na detecção precoce de epidemias, na maioria dos diagramas deste estudo houve uma elevação do nível endêmico das infecções decorrente na falha do processo. Portanto, necessitando implementação de medidas para diminuir a incidência dessas infecções.

Autoras: Sonaly Melo Oliveira Vieira e Maria Conceição Santos

 



Ficou interessado? Conheça nossos cursos MBA's e Express